Mail: saocarlosaquiagora@saocarlosaquiagora.com.br



Publicado em 24/Maio/2018

Antes que eu me esqueça Trailler

Não existe apenas sofrimento no Alzheimer. E mesmo diante de um diagnóstico assustador, associado ao esquecimento e à demência, há oportunidade para o perdão e o reencontro. Essa é a visão do filme brasileiro "Antes que eu me esqueça", que pinta um retrato humanizado e bem-humorado da doença.

A trama gira em torno de Polidoro (José de Abreu), um juiz aposentado que vive sozinho e, do dia para noite, pede pra se tornar sócio de uma boate de strip-tease que fica ao lado de sua casa em Copacabana, no Rio.

A filha Bia (Letícia Isnard), que já desconfiava da senilidade do pai, entra na Justiça para interditar seu pai. Mas o fato acaba colocando Paulo (Danton Mello), filho brigado e músico fracassado, em uma inevitável rota de aproximação com o pai.

Com atuações de fôlego de José de Abreu e Danton Mello, e Guta Stresser agindo como um alívio cômico leve e simpático no papel de Joelma, a gerente da boate, "Antes que eu me esqueça" acerta em não pesar a mão na "tragédia" do Alzheimer.

Comentários

Comente sobre a noticia

aceito os termos e condições de uso

 


Gerenciador de banners
Gerenciador de banners

Cadastre-se

E Receba Nosso Boletim Semanal de Notícias

Digital Newsletter
Nome: Email: